Quem não for belo aos vinte…

quem-nao-for-belo...

Quem não for belo aos vinte anos, forte aos trinta, esperto aos quarenta e rico aos cinquenta, não pode esperar ser tudo isso depois.

Martinho Lutero